Feeds:
Posts
Comentários

Posts Tagged ‘Água’

Read Full Post »

Para: caern@caern.com.br, comunicacao@caern.com.br, comercial@caern.com.br, Ministério Público do Rio Grande do Norte
Data: 22/03/11, 09:21 AM

Existe um vazamento de água limpa na Rua Aderbal de Figueredo, Petrópolis, em frente ao Centro de Turismo.

Eu comuniquei o ocorrido primeiramente há duas semanas, através do telefone de número 3232-4439, e o administrador de um dos edifícios da rua, principal afetado pelo vazamento, também o fez. O problema já foi apontado mais de uma vez, por mais de uma pessoa, sem qualquer providência tomada, há pelo menos 15 dias.

A via que leva a um dos pontos turísticos mais visitados da cidade está permanentemente alagado e um buraco já se forma na entrada do largo que dá para os citados edifícios.

Espero que este email traga algum resultado, já que os telefonemas não conseguiram sucesso.

Cordialmente,
Igor Santos

———

Agora vamos esperar para ver no que dá.


Opa! Recebi vários emails de volta.

Um deles de “Mail Delivery System” (MAILER-DAEMON@ironout.rn.gov.br) dizendo que “5.1.0 – Unknown address error 550-‘5.1.1 : Recipient address rejected: User unknown in local recipient table’“. O que quer que isso signifique.

No entanto, recebi também um de “comunicacao” (comunicacao@caern.com.br), dizendo o seguinte:

Bom dia, Sr. Igor.

Encaminhamos sua reclamação a nossa equipe operacional para que seja verificada.
O prazo para a realização do serviço é de 72 horas.
Nas próximas vezes que o senhor quiser fazer alguma denúncia de vazamento de água ou esgoto, por favor, entre em contato com nosso setor de Teleatendimento pelo telefone 0800 084 0195.
Ao denunciar, o senhor receberá um número de protocolo de atendimento que servirá para o senhor acompanhar o andamento do serviço.
Pedimos desculpas pelos transtornos e agradecemos o seu contato.

Atenciosamente,
Assessoria de Comunicação Social – CAERN

Ótimo, um telefone novo para a minha lista.

O segundo email excitante do dia veio agorinha [15:30] da Ouvidoria de Ministério Público (ouvidoriamp@rn.gov.br), e lê:

Prezado Senhor,

Encaminharemos a sua comunicação à Coordenadoria das Promotorias de Defesa do Meio Ambiente da capital, para a adoção das providências que forem entendidas como cabíveis.
Atenciosamente,
Ouvidoria do Ministério Público do Estado do Rio Grande do Norte

Excelente! Serviço rápido e eficaz. Pelo menos por escrito.
Amanhã eu passo lá de novo. Qualquer mudança eu aviso aqui.

Read Full Post »

Eu escrevi um texto sério sobre esse pânico desnecessário lá no SBB, mas agora há pouco pensei que essa gripe pode destruir o planeta.

Vejam bem, não quero dizer matar todos os humanos, mas sim destruir o planeta.

Imaginem o impacto ambiental de toneladas e toneladas de lencinhos e papel higiênico contaminados com fluidos mucosos potencialmente mortais.

Sim, porque nada de assoar o nariz na mão e limpar na calça. E se alguém estiver preso num primeiro andar e você precisar subir no cangote de outrem para prestar ajuda ao primeiro?
Vai que sua calça de pernas catarradas encosta nas bochechas do samaritano-base e, mais tarde ele é apresentado a uma conhecida de um conhecido e dá os tradicionais dois-beijinhos?
Morte certa!

Também não é recomendável espirrar usando a manga da camisa como proteção.
Não só pelo desconforto causado posteriormente por saliva e corrimento nasal secos arranhando seu braço e ombro, nem tampouco pela coloração esverdeada que essa parte de sua vestimenta pode adquirir, mas pelo mesmo motivo do exemplo anterior: e se alguém subir no seu cangote para ajudar um necessitado aéreo e houver transferência intertêxtil de fluidos? Pode ser que a amiga da namorada do próximo sujeito que ficar embaixo numa tentativa de resgate amador contraia a sua doença. Já pensou na epidemia?

Secreções só devem ser transferidas para pedaços descartáveis de papel depois devidamente descartados em sacos grossos rotulados com o símbolo de Risco Biológico direto para um lixão onde poderá ser bisbilhotado à vontade pelos que disso vivem.

Outra recomendação constante é “lave as mãos depois de espirrar ou tossir”.
Uma pessoa gripada apenas espirra e tosse, nada mais faz da vida. Quando não está encadeando espirros, está avermelhando a face por tosse.
Quanta água boa e limpa não será desperdiçada assim?

Sem falar que seria bem mais prático e inteligente lavar, ao invés das mãos, o nariz e a boca depois de espirrar.

E dependendo da técnica de aparo do espirrante, lavar também a face.
E a gola da camisa.
Uma vez eu consegui sujar a barra da calça, mas foi só uma vez. Não prestei atenção e deixei muito espaço aberto entre as mãos.

Read Full Post »

O título aí está escrito em leet (não confundir com miguxês, que é um sistema de criptografia infanto-debilóide).

Mas, vamos a elas:

postulado koch site seguro – Qual o tamanho da coincidência de existir um cientista da computação chamado Koch que escreveu um postulado sobre segurança na Rede?

mortal kombatDeja vu

como a agua passa do liquido para o sólido – Não passa. Primeiro tem que virar gelo.

não se misturam água e gordura – Gordura era valente, bateu no tenente / tenente era fraco, caiu no buraco / buraco era fundo, acabou-se o mundo.

estrutura atomica o’esquema para como se faz bomba – Parente de O’Malley, do IRA.

síndrome de igor – ??¿?

quero um site que eu escrevo meu nome e – Sai truncado! Aaaaah, vou morrer de curiosidade!!!

circuito anti mosquito para muriçoca – Eu me riu muito…

Anteontem alguém digitou na página da Telefônicaresumo sobre sangue” e veio parar aqui.
Mas o melhor do episódio não é isso. Eu segui o link e vi que no fim da página aparecem sugestões. Aqui estão elas para “resumo sobre sangue”: Sugestões – notebook; impotencia; beleza truque; freio; estufa usadas; estrada.

Read Full Post »

A parte entre parênteses no título é também uma forma de se chegar neste blogue via Google (easter eggs para os que prestam atenção, mas para aqueles que não prestam, confiram mais aqui).

como ter um sono pesado – Ah, seu eu soubesse! Mas eu compenso a leveza com uma habilidade sobrenatural de cair no sono em seguida.

bafometro meia hora antes de beber vomito – ??¿? E é logo a primeira ocorrência no Google!

5 coisas que são solidas – A pessoa não tem imaginação para pensar em cinco coisas sólidas mas tem a idéia de procurar uma lista na Internet?

como ser cientista louco – Estudando muito e sendo muito doido. Ou, assistindo a “quem somos nós” e lendo “o segredo” todos os dias. Mas não sei se louco de raiva qualifica…

historia algo diferente que ninguem saiba – …para eu conseguir escrever aquela redação para o colégio.

frases que comparam mulher com cheiro – Mulher é como cheiro; entra pelo nariz e… Não, não consigo.

dieta que permite a cura da cura da gordura – Comer?

filtros de agua supremo – Os rins.

como esculhambar a matematica – hehehehheheehhehehehheheheheehe

pode tomar quitosana que tem cirrose – Isso foi um conselho ou um aviso?

Mortal kombat continua aparecendo todos os dias, bem como o homem árvore e cometa halley. Alguma relação?

Read Full Post »

Outra quinta-feira, mais estatísticas:

buracos parede acida chuva patrimonio – Pipoca, garagem, favela.

veneno jogar larva borboletas nas paredes – Medo mortal de borboletas ou simples crueldade?

dar um coala+animal de presente+supertição – Dar coala de presente só dá azar se o sujeito for pego, porque aí é cadeia nele.

porque um quilo de areia pesa mais do que um quilo de água? – Humm…

como fugir á gravidade terrestre – Algumas pessoas veem problema em tudo…

como acertar na mega sena? – Sério mesmo?

os chutes de van damme – Boa!

E, para acabar por hoje, um termo que apareceu mais de uma vez durante a semana: homem de costas

p.s. Hoje faz 200 anos que Charles Darwin nasceu.

Read Full Post »

Canudo espacial

Brainstorm (ou mente confusa funcionando aleatoriamente).
Não sei usar essa palavra numa frase, por isso ela vai ficar solta aí, mas preciso dela como alavanca, para explicar como cheguei no seguinte conceito: proteção de naves e bases espaciais com água.

Estamos o tempo todo sendo bombardeados por neutrinos e algumas outras partículas espaciais, chamadas coletivamente de “raios cósmicos”.
Nossa atmosfera e magnetosfera nos protege de alguns (não de todos, porém), mas enquanto no espaço aberto do Espaço Sideral, não existe proteção boa o suficiente.
Metal é muito ineficiente e fica meio difícil criar uma atmosfera boa ao redor dos veículos e construções.
Água, no entanto, é um ótimo material para servir de escudo, pois é maleável e bom para revestimento em microgravidade, mas é muito pesada (cada litro pesa mais ou menos um quilo), tornando o transporte caro demais.

Enquanto pensava nisso, lembrei do elevador espacial, que seria preso a um objeto em órbita geoestacionária e seria usado, como um elevador mesmo, com cabos e contrapesos, para levar coisas e pessoas até o espaço sem os orbitantes custos e atrasos de ônibus espaciais e similares meios semicoletivos de transporte interambientais.

De alguma forma, eu lembrei do funcionamento do canudo, onde uma área de baixa pressão é criada em uma ponta, puxando um líquido que está em contato com a outra.
Geralmente a primeira ponta fica na boca e a segunda mergulhada em algo no mínimo digerível, quando muito até saboroso.

Então, somando 2 com 3, pensei: “Há aqui por perto fonte maior de pressão nenhuma que o vácuo infinito do espaço? Se ao invés de um cabo pendurado num satélite geoestacionado, que tal uma tubulação? Um ponta no frio vazio espacial e a outra num corpo de água qualquer. Talvez até num rio muito poluído, já que no vácuo do espaço ninguém pode sentir o seu cheiro.”

Ainda não calculei as minúcias, mas acho que uma mangueira flexível, como a que os bombeiros usam seria ideal.
Demoraria um pouco para a água ser transportada 40 quilômetros tubo acima e talvez nos deparássemos com o problema da evaporação gelada instantânea por falta de pressão e o congelamento da água em temperaturas inexistentes na boca de cima, mas depois de ter por em prática uma idéia assim e tecer uma mangueira des’tamanho, quem se importa com detalhes?

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: